Dinâmica do Joio e do Trigo – Uma Reflexão Sobre A Tolerância

Dinâmica do Joio e do Trigo

Dinâmica do Joio e do Trigo

A Dinâmica do Joio e do Trigo

Essa dinâmica do joio e do trigo é mais uma parábola contada por Jesus e que esta registrada em Mateus 13. 2 4-30:

“Propôs-lhes outra parábola dizendo: O Reino dos Céus é semelhante ao homem que semeia boa semente no seu campo; mas, dormindo os homens, veio o sei inimigo, e semeou o joio no meio do trigo, e retirou-se. E, quando as ervas cresceu e frutificou, apareceu também o joio. E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu no teu campo boa semente? Porque tem, então, joio? E ele lhes disse: um inimigo é quem fez isso. E os servos lhes disse: Queres, pois, que vamos arrancá-lo? Porém ele lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele. Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e,por ocasião da ceifa,  direi ao ceifeiros: Colhei primeiro o joio e atai-o em molhos para o queimar; mas o trigo, ajuntai-o no meu celeiro”.

 

Jesus passou boa parte do seu dia semeado no coração das pessoas à semente do Reino de Deus.

Jesus sabia que o adversário não podia arrancar do coração o que cada ouvinte recebeu, então, no oculto das trevas o adversário começaria a trabalhar para impedir que todos que ouviram seus ensinamentos o adorassem.

Por isso, plantou o joio, que representa pessoas com a finalidade de atrapalhar o bom crescimento do cristão, pois, segundo especialistas, o joio numa plantação de trigo é sempre sinônimo de problemas.

Jesus também queria completar o seu ensinamento sobre a atitude do homem ao receber a Palavra.  Ele sempre recebe bem a mensagem, o problema é que o adversário sempre arruma um jeito para impedir que a semente venha germinar e crescer tranquilamente.

Veja também: dinâmica do semeador.

Veja também: dinâmica amizade verdadeira.

Dinâmica do Joio e do Trigo – Princípio Moral e Espiritual

 

Princípio moral para a dinâmica do joio e do trigo:

As atitudes enganosas sempre são descobertas, mesmo que demore um pouco.

É difícil conhecermos, de fato, o interior das pessoas.

Só podemos conhecer a índole do homem mau através dos seus frutos e o julgamento fora do tempo pode causar grandes desastres.

A parábola indica o cuidado do fazendeiro quando age com cautela para não prejudicar o crescimento do trigo, pois joio e trigo são parecidos.

Muitas pessoas sustentam uma imagem de uma boa pessoa, porém ocultamente estão fazendo de tudo para prejudicar ao próximo.

Por isso é necessário muita cautela ao tratar com pessoas desse tipo, pois elas se escondem e é praticamente impossível tocá-las.

A única alternativa é esperar que suas próprias ações as condenem, mesmo sendo no final da vida.

Veja também: gincana de quebra gelo.

Veja também: dinâmica para estudo bíblico.

Princípio espiritual para a dinâmica do joio e do trigo:

Através de enganos sutis de falsos irmãos o inimigo sempre tentar impedir o crescimento da obra de Deus.

Somente no tempo da ceifa, Deus ajustará as contas com o mudo e aqueles que o servirão enganosamente.

A parábola indica que a estratégia do inimigo era atacar a lavoura á noite, pois é nessa hora que as pessoas estão casadas e sonolentas.

A vigilância é fundamental nessa hora, tanto a individual e coletiva.

A parábola faz lembrar sobre o cuidado do lavrador ao semear.

O crescimento de duas sementes juntas é perigoso e condenável por Deus (Lv 19.19).

Ele orientou a Moisés sobre o problema da mistura de semente, porque depois de semeado e crescido fica impossível arrancar, se o fizer, muitas sementes boas sofrerão prejuízo.

Veja também: dinâmica com bombom.

Veja também: dinâmicas cristas rápidas.

Discussão em Grupo:

– Você tem praticado a ordenança de Jesus sobre vigiar?

– O que você faz quando, no meio do grupo, entra uma pessoa que não entende a vida em comunhão e causa grandes problemas?

– O ecumenismo é um movimento que visa à unificação das igrejas cristãs. Você é a favor desse movimento ou mistura?

Veja também: gincana para célula evangélica.

Veja também: gincana com balões.

 

Guia Prático | Veja Como Tornar A Sua Aula Mais Dinâmica

Clique Aqui E Baixe Seu Guia Agora Mesmo!

 

 

Dinâmica do Joio e do Trigo – “DIFERENÇAS EXISTEM”

Essa dinâmica do joio e do trigo é uma excelente ferramenta para aprofundar o tema da tolerância no convívio com os nossos irmãos.

Objetivo: Exercitar a unidade e observar o grau de tolerância do grupo enquanto trabalham.

Material: Um rolo de barbante.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: Faça a leitura da parábola explicação da parábola do joio e do trigo.
  • Segundo Passo: A seguir, entregue o rolo de barbante para que todos se amarrem juntos pelos pés.
  • Terceiro Passo: Oriente que não se pode pular o desamarrar. Todos devem permanecer amarrados até o final da dinâmica do joio e do trigo.

Tarefas:

1º Grupo: Na parábola do trigo e do joio, vemos que as duas espécies de sementes crescem juntas, então analise: a influência  dos companheiros pode conduzir a caminhos perigosos?

2º Grupo: O inimigo sempre trabalha as escondidas, como foi no caso da parábola. Qual a sua opinião sobre o engano?

3º Grupo: Os empregados da fazenda queriam arrancar o joio à força. Você acha que a violência e radicalismo podem resolver bem uma situação entre irmãos?

4º Grupo: Manifeste opiniões sobre amizade com pessoas de vários credos religiosos.

Pergunta-se: Essas amizades podem influenciar na conduta pessoal? Responda com refutação bíblica.

  • Quarto Passo: Quando todos tiverem terminado o exercício, pergunte a cada grupo sobre a sensação de estar amarrada a outra pessoa, enquanto trabalham. Na parábola, Jesus disse que o trigo estaria amarrado pela raiz com o joio até a ceifa.

 

Comentários