Dinâmica Sobre A Dracma Perdida – Como Superar Aquilo Que Se Perdeu?

 

Dinâmica Sobre A Dracma Perdida

Dinâmica Sobre A Dracma Perdida

Dinâmica Sobre A Dracma Perdida

Essa dinâmica sobre a dracma perdida vai nos ensinar como superar as perdas que acontecem em nossa vida.

Uma das verdades que você aprenderá, através dessa dinâmica da dracma perdida, é a importância dos amigos nesses momentos de perda.

 

Atenção: Caso você esteja interessado apenas na dinâmica, então, prossiga para o final desse artigo.

 

Nossa dinâmica está baseada na parábola da dracma perdida, contada por Jesus e registrada em Lucas 15.8-10, que diz:

“… ou qual mulher que, tendo dez dracmas,se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligencia até a acha?

E, achando-a, as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida.

Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”.

Antes de partirmos para a dinâmica sobre a dracma perdida reflita um pouco, com os alunos, sobre essa parábola.

 

Dinâmica Sobre A Dracma Perdida – Entendendo A Parábola

Essa parábola se parece um pouco com a que descreve o encontro da ovelha perdida e serve para ilustrar mais ainda a maneira de Jesus olhar as classes humildes e desprezadas da sociedade.

Um dos grandes motivos de Jesus anunciar a parábola da dracma perdida foi o de manifestar o seu protesto sobre a atitude dos religiosos em desprezar os pequeninos e perdidos.

 

Guia Prático | Veja Como Tornar A Sua Aula Mais Dinâmica

Clique Aqui E Baixe Seu Guia Agora Mesmo!

 

Mais Que Uma Simples Moeda

Sabe-se que, nos tempos bíblicos, as mulheres recebiam parte do dinheiro do dote de casamento pago pelo noivo ao pai da noiva.

Esse dinheiro era único e exclusivo dá mulher e nem seu marido poderia usá-lo. Essa era uma quantia muito importante para a mulher, pois, poderia usá-lo para o caso de falecimento do marido ou abandono.

Aquela moeda era a salvaguarda daquela mulher e por isso ela estava aflita e desesperada para recuperar a sua dracma.

Perder uma dracma era como perder o passaporte em um país estrangeiro.  Isso explica a reação dessa mulher ao encontrar a dracma.

Agora, podemos aprender com essa parábola algumas lições morais e espirituais, vejamos:

 

Veja também: dinâmica sobre o espírito santo.

Veja também: dinâmica do bom samaritano.

 

Aspecto Moral da Parábola:

A dracma perdida fez a mulher descuidada agitar toda a sua vizinhança, pois para ela era um patrimônio.

Considerando a pobreza que viviam naquela época, provavelmente essas dez dracmas representavam as economias daquela mulher.  Isso significava uma grande perda caso não a encontrasse.

Portanto, essa parábola nos mostra a importância de cuidarmos bem das coisas que são relevantes em nossa vida.

 

Aspecto Espiritual da Parábola:

Não sabemos quando tempo essa mulher procurou por sua dracma, o texto parece indicar que já era noite e ela ainda estava procurando. Ela precisou acender uma candeia para conseguir achá-la.

Quando finalmente a encontrou ela regozijou e convidou varias pessoas para festejar o aparecimento da sua dracma.

Encontrar uma dracma perdida era motivo de tanto jubilo que Jesus comparou essa alegria ao arrependimento e reencontro do pecador com Deus.

Podemos verificar que esse momento é tão especial que, não só Deus, mas, também, todo o exercito celestial se alegra por um pecador que se arrepende.

Agora, antes de entrarmos diretamente na dinâmica sobre a dracma perdida, faça as seguintes perguntas ao grupo, ou alunos:

– Quais os fatos que mais chamam a atenção na parábola?

– Você já fez uma “faxina espiritual” para encontrar algum sentimento de grande valor que foi perdido nas “cavernas” de sua alma?

– Precisou de ajuda ou foi fácil de achar?

– Quando você achou sua joia preciosa festejou sozinha ou convidou alguém?

 

Veja também: dinâmica da partilha do pão.

Veja também: dinâmica quem é jesus cristo.

 

Dinâmica sobre a dracma perdida – A Estátua

Entraremos em nossa dinâmica da dracma perdida e através irmos refletir sobre as perdas que sofremos.

O grupo será levado a pensar sobre suas perdas no objetivo de aprender com elas e não voltar ao mesmo erro.

 

Objetivo: Mostrar que, em muitos momentos difíceis da vida, precisamos pedir ajuda para superar as perdas.

Material: Folha de papel em branco e caneta.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: Cada grupo recebe o material e o líder começa a dar as instruções sobre a dinâmica.
  • Segundo Passo: Em primeiro lugar, pede-se que um grande boneco seja feito na metade da folha.
  • Terceiro Passo: A seguir, cada participante escreverá ao lado do desenho aquilo que for solicitado, da seguinte maneira:

Cabeça: escreva as oportunidades perdidas por causa de dificuldade intelectual.

– Peito: escreva as perdas em relação a sentimento por descontrole emocional ou descuido diversos.

– Pernas: escreva perdas financeiras por causa de cansaço e deficiência física.

– Mãos: escreva as perdas por não agir corretamente no serviço doméstico ou secular.

– Pés: escreva as perdas por não andar retamente de acordo com os preceitos divinos.

  • Quarto Passo: Para encerrar a nossa dinâmica da dracma perdida faça uma oração para que as situações perdidas sejam achadas urgentemente.

Durante toda a dinâmica você irá perceber que, muitas situações perdidas, poderiam ser evitadas se houvesse um maior cuidado por parte dos alunos. Outras situações facilmente se resolveriam se eles pedissem ajuda e contassem com algum amigo.

Portanto, essa foi a nossa dinâmica sobre a dracma perdida, espero que tenham gostado.

Um forte abraço e até a próxima!

 

 

 

Comentários