Dinâmica Sobre O Espírito Santo – Uma Vida Cheia De Azeite

Dinâmica Sobre O Espírito Santo

Dinâmica Sobre O Espírito Santo

Dinâmica Sobre O Espírito Santo 

Nessa dinâmica sobre o Espírito Santo iremos focar na necessidade de sermos cheios do azeite e estarmos preparados para o retorno de Cristo.

Essa dinâmica sobre o Espírito Santo, irá fornecer um diagnóstico perfeito sobre o estado espiritual do grupo e você poderá ajudar seus alunos.

Para ilustrar essa necessidade, iremos basear a nossa dinâmica do Espírito Santo na Parábola das Dez Virgens, registrado em Mateus 25.1-13.

Atenção: Caso você esteja interessado apenas na dinâmica, então, prossiga para o final desse artigo.

 

“Então, O Reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo.

E cinco eram prudentes, e cinco, loucas.

 As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo.

Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas.

E, tardando o esposo, tosquenejaram todas e adormeceram.

Mas, à meia-noite, ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo! Saí-lhe ao encontro!

 Então, todas aquelas virgens se levantaram e preparam as suas lâmpadas.

 E as loucas disseram as prudentes: dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam.

Mas, as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós; ide, antes, aos que vendem e comprai-o para vós.

 E, tendo elas comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.

 E, depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos a porta!

E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que não vos conheço.

Vigiai, pois, porque não sabeis o Dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir”.  

 

Antes de aplicar a dinâmica sobre o Espírito Santo, faça uma exposição sobre o texto e explique o porquê da parábola.

 

Veja também: dinâmica do bom samaritano.

Veja também: dinâmica amizade verdadeira.

 

Dinâmica Sobre O Espírito Santo – Entendendo A Parábola

Jesus contou essa parábola com o objetivo de mostrar o interior do homem, quando Ele retornasse para buscar o seu povo.

O que Ele quis mostrar era que, muitos estariam aguardando fielmente o “abrir das portas”, enquanto outros estariam vivendo de aparências como aquelas cinco virgens descuidadas que estavam vestidas, mas não tinham o fogo para iluminar o caminho e acompanhar o noivo, isto é, estavam completamente despreparadas para o evento, por isso, elas seriam deixadas para trás.

 

O Aspecto Moral da Parábola:

A parábola deixa claro que houve um compromisso mútuo acertado entre as dez virgens para acompanhar o cortejo nupcial até a casa do esposo.  Cinco virgens se preparam para isso, mas cinco delas não foram cuidadosas para verificar todos dos detalhes. A falta de responsabilidade prejudicou a participação numa festa tão especial, pois não levaram azeite consigo.  Essa atitude mostrava negligencia, despreocupação e descuido; isso trouxe grande prejuízo para elas, pois ficaram impedidas de participar da festa. Assim, decepcionaram o noivo, pois somente cinco acompanharam o cortejo.

 

Veja também: gincana evangélica presente de Deus.

Veja também: dinâmica da partilha do pão.

 

O Aspecto Espiritual da Parábola:

Quando aceitamos um convite para uma solenidade importante devemos cuidar de todos os detalhes para evitar desastres.

No Reino dos céus, o preparo deve ser em todas as direções, inclusive na unção, pois uma pessoa só brilha no mundo se estiver iluminada pelo Espírito Santo.

Após terminar a explicar da Parábola das Dez Virgens, faça as seguintes perguntas ao grupo:

– A Falta de preparo já causou situações embaraçosas para você?

– O que você falaria com aquelas virgens distraídas?

– Qual a sua opinião sobre uma pessoa que só se preocupa com o exterior?

Essas perguntas são importantes para quebrar o gelo e preparar as pessoas para a dinâmica sobre o Espírito Santo.

Agora, entraremos na dinâmica do Espírito Santo!

 

Guia Prático | Veja Como Tornar A Sua Aula Mais Dinâmica

Clique Aqui E Baixe Seu Guia Agora Mesmo!

 

Dinâmica Sobre O Espírito Santo – O Azeite

O azeite nessa dinâmica é símbolo do consolador, ou seja, do Espírito Santo.

Muitos não conhecem o Espírito Santo, não tem intimidade com Ele e, portanto, não estão preparados para a vinda de Cristo.

Essa dinâmica sobre o Espírito Santo fará seus alunos refletirem sobre essa necessidade tão importante para a vida cristã.

 

Objetivo:  Identificar o nível de comprometimento da pessoa com o Espírito Santo e reconhecer quando alguns estão bem longe, quase se apagando.

Material: Um papel com desenho da lamparina com as perguntas ao lado e caneta.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: Distribua um papel com a figura de uma lamparina e com as perguntas para provocar reflexão.
  • Segundo Passo:  Cada participante deve desenhar a quantidade de azeite que contém em sua lamparina da alma: “A alma do homem é a lâmpada do Senhor, que esquadrinha todos o mais íntimo do ventre” (Pv.20.27).
  • Terceiro Passo: Para encerrar a nossa dinâmica do Espírito Santo, todos deverão responder as seguintes perguntas, com sinceridade:

– Quanto tempo você conseguirá andar com esta porção de azeite?

– Como é a estrada quem você tem que percorrer?

– Se tens pouco azeite, como deves aumentar a sua reserva?

– Qual é a sua expectativa ao final da estrada?

 

Observação:

Como você já deve ter percebido essa dinâmica é irá oferecer a você, líder, a oportunidade de saber a situação espiritual de cada aluno. Portanto, aproveite essas informações para ajudar aqueles que se declararam com “pouco azeite”. Recolha as folhas para analisar e planejar uma ajuda posterior.

…Ah, não se esqueça de fazer aquele momento de oração, para que Deus aumente o azeite do grupo.

Assim termina a nossa dinâmica sobre o Espírito Santo, espero que tenha gostado.

Não se esqueça de compartilha, nas redes sociais, com seus amigos, até logo!

 

 

 

Comentários