Dinâmicas Cristãs Rápidas – Motivação e Integração

Dinâmicas Cristãs Rápidas

Dinâmicas Cristãs Rápidas

Dinâmicas Cristãs Rápidas – Para Alegrar Grupo

As dinâmicas cristãs rápidas que separamos, são para você fazer em sua célula evangélica ou grupo de jovens.

 

1# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “CARINHO” – Demonstração de Afeto.

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Objetivo: Exercitar manifestações de carinho e afeto.

Material: Um bichinho de pelúcia.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: Após explicar o objetivo, o coordenador pede para que todos formem um círculo e passa entre eles o bichinho de pelúcia, ao qual cada integrante deve demonstrar concretamente seu sentimento (carinho, afago, etc.). Deve-se ficar atento a manifestações verbais dos integrantes.
  • Segundo Passo: Após a experiência, os integrantes são convidados a fazer o mesmo gesto de carinho no integrante da direita.
  • Terceiro Passo: Por último, deve-se debater sobre as reações dos integrantes com relação a sentimentos de carinho, medo e inibição que tiveram.

Veja também: gincana para célula evangélica.

 

 

Guia Prático | Veja Como Tornar A Sua Aula Mais Dinâmica

Clique Aqui E Baixe Seu Guia Agora Mesmo!

 

 

2# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “UNIÃO E FORÇA”

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Material: Um feixe de 16 varinhas (pode-se usar palitos de churrasco).
Objetivo: União do grupo. A fé como força que pode agregar,  unir e dar resistência às pessoas.

Procedimento:

  • Primeiro passo: Pedir que um dos participantes pegue uma das varinhas e a quebre. (o que fará facilmente).
  • Segundo Passo: Pedir que outro participante quebre cinco varinhas juntas num só feixe (será um pouco mais difícil).
  • Terceiro Passo: Pedir que outro participante quebre todas as varinhas que restaram, se não conseguir, poderá chamar outra pessoa para ajudá-lo.
  • Quarto Passo: Pedir que todos os participantes falem sobre o que observaram e concluíram.
  • Quinto Passo: Terminar com uma reflexão sobre a importância de estarmos unidos.

Vejam também: gincana com balões.

3# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “AMIZADES”

 

Dinâmicas evangélicas sobre o semeador

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: Lançar boas sementes aos amigos.
Material: Três vasos, espinhos, pedras, flores e grãos de feijão.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: Antes da execução da dinâmica, deve-se realizar a leitura do Evangelho de São Mateus, capítulo 13, versículos de 1 a 9.
  • Segundo Passo: Os espinhos, as pedras e as flores devem estar colocados cada qual em um vaso diferente. Os vasos devem estar colocados em um local visível a todos os integrantes.
  • Terceiro Passo: Nesta dinâmica, cada vaso representa um coração, enquanto que grãos de feijão representam as sementes descritas na leitura preliminar.
  • Quarto Passo: Então, cada integrante deve semear um vaso, que simboliza uma pessoa que deseje ajudar, devendo explicar o porquê de sua decisão. Pode-se definir que as pessoas citadas sejam outros integrantes ou qualquer pessoa. Além disso, se o tempo permitir pode-se utilizar mais que uma semente por integrante.

 

4# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “PRESENTE DE DEUS” – Avaliação dos Integrantes

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: Enaltecer qualidades dos integrantes do grupo.
Material: Lápis e papel para os integrantes
Procedimento:

  • Primeiro Passo: O coordenador divide o grupo em subgrupos de quatro a seis integrantes e, em seguida, expõe o seguinte:

Muitas vezes apreciamos mais um presente pequeno do que um grande. Muitas vezes ficamos preocupados por não sermos capazes de realizar coisas grandes e negligenciamos de fazer coisas menores, embora de grande significado. Na experiência que segue, seremos capazes de dar um pequeno presente de alegria para alguns integrantes do grupo.”

  • Segundo Passo: Prosseguindo, o coordenador convida os integrantes para que escrevam mensagens para todos os integrantes de seu subgrupo. As mensagens devem ser da seguinte forma:
    – Provocar sentimentos positivos no destinatário com relação a si mesmo;
    – Ser mais específicas, descrevendo detalhes próprios da pessoa ao invés de características muito genéricas;
    – Indicar os pontos positivos da pessoa dentro do contexto do grupo;
    – Ser na primeira pessoa;
    – Ser sinceras;
    – Podem ser ou não assinadas, de acordo com a vontade do remetente.
  • Terceiro Passo: As mensagens são dobradas e o nome do destinatário é colocado do lado de fora.
  • Quarto Passo: Então elas são recolhidas e entregues aos destinatários. Depois que todos tiverem lido as mensagens, segue-se à conclusão da dinâmica com um debate sobre as reações dos integrantes.

 

5# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “COMUNICAÇÃO”


Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens. Objetivo: Criar comunicação fraterna e madura.
Material: Papel para desenhar, lápis e lápis de cor.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: distribuir aos participantes papéis e convidá-los a fazer um desenho de um homem e uma mulher.

Anotar Na Figura:
Diante dos olhos: as coisas que viu e mais o impressionaram.
Diante da boca: 3 expressões (palavras, atitudes) dos quais se arrependeu ao longo da sua vida.
Diante da cabeça: 3 ideias das quais não abre mão.
Diante do coração: 3 grandes amores.
Diante das mãos: ações inesquecíveis que realizou.
Diante dos pés: piores enroscadas em que se meteu.
Colocar em plenário
– Foi fácil ou difícil esta comunicação? Por quê?
– Este exercício é uma ajuda? Em que sentido?
– Em qual anotação sentiu mais dificuldade? Por quê?
– Este exercício pode favorecer o diálogo entre as pessoas e o conhecimento de si mesmo? Por quê?
Para Refletir: Marcos 7, 32-37

 

6# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “DRAMATIZANDO”

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Objetivos: demonstrar o comportamento grupal dos membros participantes; realizar um feedback de um participante com objetivo de melhor compreendê-lo.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: O coordenador apresenta o assunto da discussão;
  • Segundo Passo: Depois de decorridos dez minutos, o coordenador orienta os participantes para que, nos próximos dez a quinze minutos, cada um procure identificar-se com o colega da direita, esforçando-se por imitá-lo na discussão;
  • Terceiro Passo: Cada participante tentará agir exatamente como o seu colega da direita, imitando seu comportamento no grupo;
  • Quarto Passo: É da máxima importância que cada qual consiga identificar-se com seu colega;
  • Quinto Passo: O mesmo exercício poderá ser feito, deixando liberdade para que cada participante faça a escolha do colega a ser imitado, cabendo aos outros reconhecê-lo.

 

7# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “INTERAÇÃO”


Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: apresentar uma ilustração gráfica do relacionamento dos membros de um grupo.
Material: lápis ou caneta, papel e cartolina
Procedimento:

  • Primeiro Passo: O líder distribui um papel para todos, afim de que nele se escreva o nome da pessoa mais importante para o sucesso do grupo, ou ainda, da pessoa do grupo cujas ideias são mais aceitas; O papel deve ser assinado de forma legível.
  • Segundo Passo: Recolhido os papeis, será feito um diagrama no quadro-negro ou cartolina, marcando com um círculo o nome do participante escolhido, e com uma flecha, a iniciar-se com o nome da pessoa que escolheu, indo em direção à escolhida.

 

8# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “BOMBARDEIO INTERNO”

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Objetivo: Expressar sentimentos positivos, de carinho e afeto com uma pessoa.
Procedimento:

  • Primeiro Passo: O coordenador inicia, explicando ao grupo como a afeição se baseia na formação de ligações emocionais, é geralmente a última fase a emergir na evolução do relacionamento humano, após a inclusão e o controle, na inclusão, as pessoas têm de encontrarem-se umas com as outras e decidir se continuam seu relacionamento. Os problemas de controle exigem que as pessoas se confrontem umas com as outras e descubram como desejam relacionar-se. Para prosseguir a relação, cumpre que se formem ligações afetivas, e elas têm então de abraçar-se, a fim de que se crie um vínculo duradouro.
  • Segundo Passo: Feita a explicação o coordenador pede aos participantes que digam à uma pessoa todos os sentimentos positivos que têm por ela.
  • Terceiro Passo: A pessoa apenas ouve, podendo permanecer no círculo ou sair dele e ficar de costas para o grupo.
  • Quarto Passo: O impacto é mais forte quando cada um se coloca diante da pessoa, toca-a, olha nos olhos e lhe fala diretamente, que é uma outra maneira de realizar a dinâmica.

 

9# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “LEMBRANÇAS”

 

Indicado:  Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: Proporcionar o conhecimento recíproco da infância de cada integrante.
Material: Perguntas preparados pelo coordenador em número superior ao número de integrantes.
Observação: Deve-se evitar perguntas que levem a recordações tristes.
Procedimento:

Primeiro Passo: Cada integrante recebe aleatoriamente uma pergunta e a lê em voz alta para os demais, respondendo-a em seguida. As perguntas podem ser reutilizadas.

Propostas De Perguntas:
– Como era seu melhor amigo (a)?
– Como seu pai gostaria que você fosse?
– O que você imaginava ser quando crescesse?
– Quais os seus sonhos de infância?
– Qual a melhor lembrança de seu padrinho?
– Qual a melhor lembrança de seu pai?
– Qual a melhor lembrança de sua infância?
– Qual a melhor lembrança de sua mãe?
– Qual a sua primeira grande alegria?
– Qual o seu primeiro contato com Deus?
– Quando você descobriu que Cristo morreu por nós?

 

10# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “CONTROLE”

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Objetivo: experimentar os sentimentos de domínio e de submissão.

Procedimento:

  • Primeiro Passo: O coordenador pede que uma ou duas pessoas fiquem de pé em cima de uma cadeira e continuem participando das atividades, naquela posição.
  • Segundo Passo: É importante observar que as pessoas fiquem de pé sem maiores explicações.
  • Terceiro Passo: Decorridos cinco ou mais minutos, o animador poderá solicitar a reação das outras pessoas, a fim de observar se de fato tiveram a impressão de subordinação, como também notar como essas simples modificações espaciais fazem aflorar nítidas sensações de conforto ou desconforto.

 

11# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “DEBATENDO A BÍBLIA” Leitura da Bíblia e Debate

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Objetivo: Estimular a procura e análise de passagens da Bíblia.
Material: Papéis com pequenos trechos da Bíblia (partes de passagens) com indicação do livro, capítulo e versículos.
Procedimento:

  • Primeiro Passo: Cada integrante recebe um trecho da Bíblia e procura compreendê-lo. Para melhorar a compreensão do trecho, deve consultar a passagem completa na Bíblia.
  • Segundo Passo: Em seguida, os integrantes devem ler o seu trecho e comentá-lo para o grupo. Ao final, é aberto o debato sobre os trechos selecionados e as mensagens por eles transmitidas.

 

12# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “PIZZA” – Preferências Individuais.

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: Descobrir a importância de diferentes temas para os integrantes do grupo.
Material: Lápis e papel para os integrantes.
Procedimento:

  • Primeiro Passo: O coordenador propõe temas a serem debatidos pelo grupo. Cada integrante é motivado para que defina qual a importância dos diferentes temas para si mesmo.
  • Segundo Passo: Em seguida, cada integrante deve desenhar um círculo e dividi-lo de acordo com a proporção de importância que tem para com cada tema.
  • Terceiro Passo: Então, cada integrante apresenta seu desenho ao grupo comentando suas opções. Em contrapartida, o grupo pode opinar sobre estas opções e se as mesmas correspondem ao que o grupo esperava do integrante.

Observação:

  • Dentre os temas propostos pode-se ter temas como: drogas, sexo, namoro, política, amizade, espiritualidade, liturgia, família, educação, saúde, segurança, esportes, etc. Os temas devem ser identificados por um número ou uma letra (de preferência a primeira letra do tema).
  • As divisões devem ser identificadas pelos números ou letras definidos anteriormente para os temas. Temas se nenhuma importância para o integrante pode ser simplesmente desconsiderada pelo mesmo.

 

12# – [Dinâmica Cristã] “O ESPELHO” Valorização Pessoal

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: Despertar para a valorização de si. Encontrar-se consigo e com seus valores.
Material: Um espelho escondido dentro de uma caixa, de modo que ao abri-la o integrante veja seu próprio reflexo.
Procedimento:

  • Primeiro Passo: O coordenador motiva o grupo:

 “Cada um pense em alguém que lhe seja de grande significado. Uma pessoa muito importante para você, a quem gostaria de dedicar a maior atenção em todos os momentos, alguém que você ama de verdade… com quem estabeleceu íntima comunhão… que merece todo seu cuidado, com quem está sintonizado permanentemente… Entre em contato com esta pessoa, com os motivos que a tornam tão amada por você, que fazem dela o grande sentido da sua vida…”

  • Segundo Passo: Após estes momentos de reflexão, o coordenador deve continuar:

“… Agora vocês vão encontrar-se aqui, frente a frente com esta pessoa que é o grande significado de sua vida.”.

  • Terceiro Passo: Em seguida, o coordenador orienta para que os integrantes se dirijam ao local onde está a caixa (um por vez).
  • Quarto Passo: Todos devem olhar o conteúdo e voltar silenciosamente para seu lugar, continuando a reflexão sem se comunicar com os demais.
  • Quinto Passo: Finalmente é aberto o debate para que todos partilhem seus sentimentos, suas reflexões e conclusões sobre esta pessoa tão especial. É importante debater sobre os objetivos da dinâmica.

 

13# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “FARDO PESADO”

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.

Material: pedaços de papel e lápis.
Procedimento:

  • Primeiro Passo: Cada um recebe um papel e deve escrever uma dificuldade que sente no relacionamento, um medo, problema, etc.. que não gostaria de expor oralmente. A papeleta deve ser dobrada e colocada num saco
  • Segundo Passo: Depois de bem misturadas as papeletas, cada pessoa pega uma qualquer dentro do saco e assume o problema que está na papeleta como se fosse seu, esforçando-se por compreendê-lo.
  • Terceiro Passo: Cada pessoa, por sua vez, lerá em voz alta o problema que estiver na papeleta e usando a 1ª pessoa “eu”, fazendo as adaptações necessárias, dirá sua solução para o problema apresentado.
  • Quarto Passo: Após este exercício ainda compartilhar e conversar sobre a importância de levarmos a cargas uns dos outros, de ajudarmos o nosso próximo, e de percebermos que, embora conselhos nem sempre sejam bons, ouvir as sugestões e visões de outros sobre o nosso problema, pode nos ajudar a encontrar uma outra saída.

 

14# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “A GRAÇA”


Indicado:
Para células evangélicas e grupos de jovens.
Material
: Uma garrafa vazia (pode ser de refrigerante).
Procedimento:

  • Primeiro Passo: O grupo deve sentar, formando um círculo.
  • Segundo Passo: O professor coloca a garrafa deitada no chão no centro da sala e a faz girar rapidamente, quando ela parar estará apontando (gargalo) para alguém e, o professor dará uma palavra de encorajamento ou estímulo à essa pessoa.
  • Terceiro Passo: A pessoa indicada pela garrafa terá então a tarefa de girá-la e falar palavras de encorajamento para quem ela apontar e assim sucessivamente.

    Para Refletir
    : 1 Pe 4:10,11; Ef 4:29,30; Pv 12:25.

 

15# – [Dinâmicas Cristãs Rápidas] “BONECO”

 

Indicado: Para células evangélicas e grupos de jovens.
Objetivo: União do grupo e trabalho em equipe
Material: 2 folhas de papel para cada participante, canetas hidrocor, fita adesiva, cola e tesoura.
Procedimento:

  • Primeiro Passo: Cada membro do grupo deve desenhar em uma folha de papel uma parte do corpo humano, sem que os outros saibam.
  • Segundo Passo: Após todos terem desenhado, pedir que tentem montar um boneco (na certa não vão conseguir pois, Terão vários olhos e nenhuma boca… ).
  • Terceiro Passo: Em seguida, em outra folha de papel, pedir novamente que desenhem as partes do corpo humano (só que dessa vez em grupo) Eles devem se organizar combinando qual parte cada um deve desenhar.
  • Quarto Passo: Em seguida, após desenharem, devem montar o boneco. Terminada a montagem, cada membro deve refletir e falar sobre como foi montar o boneco. Quais a dificuldades, etc. …

 

 

Comentários